Famosos

Rui Andrade presenciou a morte do pai: “Fiquei em choque”

Gostou do Artigo ?
Subscrever Notícias do Dia

“Nestes últimos anos, tem sido complicado, mesmo, complicado! A vida, de repente, decidiu dar-me golpes fortes. Primeiro, a doença e a morte da minha irmã, sem sequer esperarmos. E agora, a morte do meu pai, um duro golpe. Foi uma surpresa muito grande para todos nós. De um pequeno problema de saúde, a situação evoluiu rapidamente. Eu que sou muito controlado e gosto de ter tudo organizado, sinto que deixei escapar a minha vida e o meu pai escapou-me das mãos”, partilhou Rui Andrade, num vídeo que antecedeu a entrevista que o artista teve com Manuel Luís Goucha, no programa “Goucha”, da TVI, emitido na passada segunda-feira, dia 4.

“Depois da passagem de ano, o meu pai começou a ter alguns sintomas. Ficou internado durante duas semanas, sendo que descobriram um tumor maligno num canal biliar. Porém, para determinarem o tipo de células cancerígenas, necessitavam de realizar um exame. Infelizmente, algo correu mal, pois, neste momento, o meu pai já não está comigo. No dia em que fez o exame, por volta das 11h da manhã, estive com ele por volta das três ou quatro da tarde, e as suas últimas palavras para mim foram: ‘Eles mataram-me'”, continuou Rui Andrade.

“Acabei por estar com o meu pai nos seus últimos segundos de vida, juntamente com o meu sobrinho, que já tinha perdido a mãe dois anos antes. Viu morrer o avô, ali comigo. Perdi o controlo, pela primeira vez na vida, agarrado àquela maca. Houve momentos em que pensei que ia desmaiar, por não estar a saber lidar com a situação”, partilhou Rui Andrade.

O ator admitiu que ainda consegue ouvir os “barulhos das máquinas” na sua cabeça. “É tudo muito rápido. Pensei que a situação iria melhorar, por alguma razão, e que ele iria sobreviver, mas não reagiu e, de um momento para o outro [morreu[“, recordou.

Adicionalmente, Rui Andrade confessou que tem uma foto do pai e da irmã no seu camarim. “Antes de entrar em cena, olho para eles”, disse Rui Andrade, emocionado.

Quando questionado sobre se a morte do pai teria sido causada por erro médico, Rui respondeu: “Alguma coisa aconteceu. Não me vou perder em detalhes, não me vai trazer o meu pai de volta. O nosso Sistema Nacional de Saúde… valha-me o Senhor! Está numa situação muito triste. Compreendi que, até nisto, é preciso ter sorte com as pessoas que nos tratam ou tratam dos nossos entes queridos”, afirmou o jovem, referindo ainda que o tal exame acabou por lesar o pâncreas do pai.

Gostou do Artigo ?
Subscrever Notícias do Dia

Deixe o seu comentário: