Famosos

Paulo de Carvalho: “Não vejo nisso menosprezo por ninguém, era preciso optar e eu optei”

Gostou do Artigo ?
Subscrever Notícias do Dia

Paulo de Carvalho e Luís Osório continuam a fazer correr tinta e a alimentar a polémica em torno dos dois, com vários textos e farpas lançadas nas redes sociais.

De recordar que tudo começou quando Luís Osório alegou que o seu pai foi despedido por Paulo de Carvalho após ter sido diagnosticado com SIDA.

Foram várias as farpas lançadas pelos dois através das redes sociais e esta quarta-feira  Alberto Franco, autor da biografia de Paulo de Carvalho, veio sair em defesa do cantor e explicou a ausência de José Manuel Osório: ““Paulo de Carvalho-60 Anos de Cantigas” centra-se no essencial da vida e da carreira do biografado. Muita gente que se cruzou com o Paulo ao longo do seu percurso, como é o caso dos agentes, ficou por mencionar. Porém, não se veja nisso menosprezo por ninguém, mas apenas o custo de resumir seis décadas de uma carreira riquíssima num livro de 166 páginas. Era preciso optar e eu optei, com a liberdade que me assiste como autor. Enquanto narrador da sua história, o Paulo respondeu ao que lhe perguntei. E creio que há mais nada a referir, se não que gostei muito de trabalhar com ele”.

Gostou do Artigo ?
Subscrever Notícias do Dia

Deixe o seu comentário: