DesportoFutebol

Jogador nega homenagear Maradona e explica a sua razão (VÍDEO)

Gostou do Artigo ?
Subscrever Notícias do Dia

Este fim de semana um pouco por todo o mundo, fizeram-se milhares de homenagens a Diego Maradona que morreu aos 60 anos na passada quarta-feira mas nem todos o quiseram homenagear.

Paula Dapena, futebolista de 24 anos da Viajes Interrias FF, emblema espanhol, decidiu virar costas à homenagem e explica o porquê.

Enquanto todas as jogadoras respeitavam, de pé, um minuto de silêncio em memória a “El Pibe”, Paula decidiu sentar-se no relvado e de costas para as restantes jogadoras, como forma de protesto.

“Há poucos dias, no dia da eliminação da Violência de Género não se realizaram gestos como estes e se um minuto de silêncio não é feito pelas vítimas, não estou disposta a fazê-lo por um agressor”, referiu.

Eu recuso-me a guardar um minuto de silêncio por um violador, pedófilo e abusador, por isso só tinha que me sentar no chão e virar as costas. Para ser jogador há que ser primeiro pessoa e ter certos valores, mais do que habilidades, como as que ele (Maradona) tinha, que sabemos que eram grandes qualidades e dons futebolísticos espetaculares”, concluiu.

Gostou do Artigo ?
Subscrever Notícias do Dia

Deixe o seu comentário: