Covid-19

De forma a prevenir a Covid-19, autoridades de saúde autralianas aconselham relações com distancia de 1,5 metros

Gostou do Artigo ?
Subscrever Notícias do Dia

Numa altura em que as vacinas contra a Covid-19 começam a chegar a grande parte do mundo, muitos países veem-se preocupados com uma segunda e até terceira vaga da pandemia do novo coronavírus que já tirou a vida a centenas de milhares de pessoas.

Vários países continuam a aumentar as medidas de prevenção da transmissão em todas as ativdades do dia a dia e o governo local de Nova Gales do Sul na Austrália, criou um website com conselhos de como se prevenir do novo coronavírus.

Entre todos os conselhos estão também conselhos para relações com parceiros/as durante a pandemia.

As autoridades de saúde dão uma série de recomendações mas há uma no mínimo insólita e que desde logo causou uma onda de piadas nas redes sociais.

“Ainda que um estudo chinês tenha detetado vestígios de Covid-19 no sémen, não há evidência científica de que a doença seja transmitida por fluidos se*uais. O que sabemos é que a Covid-19 é transmitida por gotículas respiratórias. E fazer se*o sem partilhar estas partículas é muito difícil”
Por isso, recomendam os especialistas australianos que “se mantenha uma distância de pelo menos 1,5 metros durante as relações se*uais”.

“Como é que é possível fazer se*o com alguém a essa distância?”, questiona assim uma cibernauta no Twitter.

È ainda recomendado usar proteção durante o acto oral, evitar beijos e usar máscara durante todo o ato se*ual, assim como “lavar e desinfetar todos os brinquedos se*uais após o seu uso”.

 

 

 

 

fonte: cmjornal

Gostou do Artigo ?
Subscrever Notícias do Dia

Deixe o seu comentário: