Famosos

Árbitro sérvio condenado a 15 meses de prisão após marcar penálti “escandaloso”

Gostou do Artigo ?
Subscrever Notícias do Dia

Srdjan Obradovic, um árbitro sérvio, foi condenado pelo Tribunal Superior de Novi Sad a 15 meses de prisão e a 10 anos de suspensão por alegadamente ter favorecido o Spartak Subotica num jogo da liga sérvia que foi disputado em 2018.

O Spartak Subotica venceu por duas bolas a zero com dois penaltis, um deles considerado “escandaloso” pela imprensa desportiva do país e não só, num jogo em que se ltuava pela presença na Liga Europa e em que o Radnicki jogava com 10 depois do goleador da equipa ter sido expulso.

A polícia interrogou o árbitro depois do jogo, por haver suspeitas de corrupção, e o seu testemunho foi depois usado pela acusação.

Deixe o seu comentário:
Gostou do Artigo ?
Subscrever Notícias do Dia